Área de atuação do biólogo

De acordo com o estabelecido na Resolução nº 227/2010 - de 18 de agosto de 2010, que dispõe sobre a regulamentação das Atividades Profissionais e das Áreas de Atuação do Biólogo, em Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e, Biotecnologia e Produção - ficam estabelecidas as áreas abaixo discriminadas:

Áreas de Atuação do Biólogo em Meio Ambiente e Biodiversidade:

  • Aquicultura: Gestão e Produção
  • Arborização Urbana
  • Auditoria Ambiental
  • Bioespeleologia
  • Bioética
  • Bioinformática
  • Biomonitoramento
  • Biorremediação
  • Controle de Vetores e Pragas
  • Curadoria e Gestão de Coleções Biológicas, Científicas e Didáticas
  • Desenvolvimento, Produção e Comercialização de Materiais, Equipamentos e Kits Biológicos
  • Diagnóstico, Controle e Monitoramento Ambiental
  • Ecodesign
  • Ecoturismo
  • Educação Ambiental
  • Fiscalização/Vigilância Ambiental
  • Gestão Ambiental
  • Gestão de Bancos de Germoplasma
  • Gestão de Biotérios
  • Gestão de Jardins Botânicos
  • Gestão de Jardins Zoológicos
  • Gestão de Museus
  • Gestão da Qualidade
  • Gestão de Recursos Hídricos e Bacias Hidrográficas
  • Gestão de Recursos Pesqueiros
  • Gestão e Tratamento de Efluentes e Resíduos
  • Gestão, Controle e Monitoramento em Ecotoxicologia
  • Inventário, Manejo e Produção de Espécies da Flora Nativa e Exótica
  • Inventário, Manejo e Conservação da Vegetação e da Flora
  • Inventário, Manejo e Comercialização de Microrganismos
  • Inventário, Manejo e Conservação de Ecossistemas Aquáticos: Límnicos, Estuarinos e Marinhos
  • Inventário, Manejo e Conservação do Patrimônio Fossilífero
  • Inventário, Manejo e Produção de Espécies da Fauna Silvestre Nativa e Exótica
  • Inventário, Manejo e Conservação da Fauna
  • Inventário, Manejo, Produção e Comercialização de Fungos
  • Licenciamento Ambiental
  • Mecanismos de Desenvolvimento Limpo (MDL)
  • Microbiologia Ambiental
  • Mudanças Climáticas
  • Paisagismo
  • Perícia Forense Ambiental/Biologia Forense
  • Planejamento, Criação e Gestão de Unidades de Conservação (UC)/Áreas Protegidas
  • Responsabilidade Socioambiental
  • Restauração/Recuperação de Áreas Degradadas e Contaminadas
  • Saneamento Ambiental
  • Treinamento e Ensino na Área de Meio Ambiente e Biodiversidade

Áreas de Atuação do Biólogo em Saúde:

  • Aconselhamento Genético
  • Análises Citogenéticas
  • Análises Citopatológicas
  • Análises Clínicas * Esta Resolução em nada altera o disposto nas Resoluções nº 12/93 e nº 10/2003.
  • Análises de Histocompatibilidade
  • Análises e Diagnósticos Biomoleculares
  • Análises Histopatológicas Análises, Bioensaios e Testes em Animais
  • Análises, Processos e Pesquisas em Banco de Leite Humano
  • Análises, Processos e Pesquisas em Banco de Órgãos e Tecidos
  • Análises, Processos e Pesquisas em Banco de Sangue e Hemoderivados
  • Análises, Processos e Pesquisas em Banco de Sêmen, Óvulos e Embriões
  • Bioética
  • Controle de Vetores e Pragas
  • Desenvolvimento, Produção e Comercialização de Materiais, Equipamentos e Kits Biológicos
  • Gestão da Qualidade
  • Gestão de Bancos de Células e Material Genético
  • Perícia e Biologia Forense
  • Reprodução Humana Assistida
  • Saneamento Saúde Pública/Fiscalização Sanitária
  • Saúde Pública/Vigilância Ambiental
  • Saúde Pública/Vigilância Epidemiológica
  • Saúde Pública/Vigilância Sanitária
  • Terapia Gênica e Celular
  • Treinamento e Ensino na Área de Saúde.

Áreas de Atuação do Biólogo em Biotecnologia e Produção:

  • Biodegradação
  • Bioética
  • Bioinformática
  • Biologia Molecular
  • Bioprospecção
  • Biorremediação
  • Biossegurança
  • Cultura de Células e Tecidos
  • Desenvolvimento e Produção de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs)
  • Desenvolvimento, Produção e Comercialização de Materiais, Equipamentos e Kits Biológicos
  • Engenharia Genética/Bioengenharia
  • Gestão da Qualidade
  • Melhoramento Genético
  • Perícia/Biologia Forense
  • Processos Biológicos de Fermentação e Transformação
  • Treinamento e Ensino em Biotecnologia e Produção

Considerando o desenvolvimento da Ciência e Tecnologia e a evolução do mercado de trabalho, outras áreas de atuação poderão ser incorporadas após deliberação pelo Plenário do CFBio.