UFSC recebe seminário ‘Ética Profissional na Atuação do Biólogo’

Universidade Federal de Santa Catarina recebeu, na manhã desta terça-feira, 31 de outubro, o seminário “Ética Profissional na Atuação do Biólogo”, uma parceria do Conselho Regional de Biologia da 3ª Região (CRBio-03) com a coordenação dos cursos de Ciências Biológicas da UFSC. O encontro ocorre no auditório do Espaço Físico Integrado (EFI).


Na abertura do evento, o vice-presidente do CRBio-03, Danilo da Silva Funke, deu boas-vindas aos participantes e disse que o seminário tem o objetivo de aproximar o Conselho de biólogos e estudantes e que há preocupação em trazer uma “temática que possa provocar debate e reflexão no exercício da profissão”.

O Coordenador do Curso de Ciências Biológicas da UFSC, Carlos Roberto Zanetti afirmou que já participou, na UFSC, do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos. “Ética é um tema muito caro para mim. Mais do que um conjunto de regras, trata de uma profunda reflexão dos nossos atos cujas consequências respingam sobre os outros e rever estas ações de forma justa e imparcial”.

O seminário foi dividido em dois painéis: no primeiro, três profissionais iriam discutir a Resolução CFBio 227/10 em cada uma das três áreas de atuação do biólogo: Ingrid Tremel Barbato iria apresentar a parte de saúde; Luiz Felipe Valter de Oliveira; a de Biotecnologia e Produção; e João de Deus Medeiros, a de Meio Ambiente e ​Biodiversidade. O segundo painel, Ética Profissional na Atuação dos Biólogos, ficou a cargo de Marcia Mocellin Raymundo.

A bióloga Dra. Márcia abrilhantou a manhã com uma excelente palestra sobre a Ética Profissional, em especial sobre a Bioética. Num primeiro momento apresentou um histórico sobre a discussão ética profissional, em seguida sobre a implementação das Comissões de Ética nas diferentes instâncias no âmbito da biologia, em especial para pesquisa envolvendo seres humanos e com animais.

A bióloga trouxe na sequência diferentes autores e conceitos que fundamentam os princípios éticos profissionais, com uma profunda discussão sobre a ética durante o exercício profissional, com base no Código de Ética do Biólogo, instigando a todos a lerem e se apropriarem dos preceitos deste documento. Outro tema abordado pela bióloga foi a importância das boas relações interpessoais na vida em geral, mas, sobretudo no ambiente de trabalho, provendo o diálogo sempre, objetivando a redução dos conflitos éticos que estão permeado as instituições tanto pública quando privadas.

Nota-se que a ética profissional vai muito além de "poder executar um trabalho com zelo", mas também da necessidade de melhorar as relações interpessoais. Ao final a Dra. Márcia comentou que a bioética não se trata apenas do cuidado com a vida humana ou dos animais, mas de todo o ambiente, demonstrando que o efeito danoso em um agente desta tríade afeta diretamente aos demais.

Confira o nosso álbum de fotos no Facebook, clique aqui

 

<< Voltar